Alta lucratividade das Operadoras de Saúde e o fracasso em cumprir contratos


Data de Publicação: 19/06/2024
Alta lucratividade das Operadoras de Saúde e o fracasso em cumprir contratos

Nos últimos anos, as Operadoras de Saúde têm alegado estarem em crise. No entanto, relatório da ANS indica uma lucratividade de R$ 3,33 bilhões, em apenas três meses, ou seja, no primeiro trimestre deste ano, o melhor resultado desde 2019.

Na contramão dos fatos, estes mesmos Planos de Saúde estão negando atendimentos aos associados, não pagando fornecedores, autorizando procedimentos de urgência sem proceder o seu devido pagamento e obtendo reajustes acima da inflação, com autorização do legislativo brasileiro.
Além disso, estão cancelando contratos dos idosos e pessoas com necessidade de acompanhamento constante, deixando-os sem a cobertura médica necessária.

O Governo Federal, através da Agência  responsável - a ANS, precisa corrigir estas práticas e garantir a qualidade de saúde e assistência necessária aos brasileiros.

Fonte: https://www.jota.info/tributos-e-empresas/saude/planos-de-saude-lucram-r-333-bi-no-primeiro-trimestre-melhor-resultado-desde-2019-13062024?non-beta=1


Compartilhe