Ações promovidas pelo IES no Brasil são destaque em reunião na sede da Organização Mundial da Saúde, na Suíça


Data de Publicação: 26/09/2022
Ações promovidas pelo IES no Brasil são destaque em reunião na sede da Organização Mundial da Saúde, na Suíça
O diretor de Relações Institucionais do Instituto Ética Saúde, Carlos Eduardo Gouvêa, esteve na sede da Organização Mundial da Saúde (OMS), em Genebra, na Suíça, no dia 21 de setembro, para reunião sobre os avanços do Brasil na saúde, nos últimos anos. O grande destaque foi o Instituto Ética Saúde com o ‘Marco de Consenso Brasileiro para a Colaboração Ética Multissetorial nos Setores de Saúde’ e união dos diferentes atores da cadeia de valor para promover a ética e integridade no setor. Os representantes da OMS - Head Prequalification Unit (PQT), Deus Mubangizi; a Senior Adviser Medical Devices and Diagnostics (MDD), Adriana Velazquez; o Scientist, Medical Devices and Diagnostics (MDD), Francis Moussy; e a Technical Officer, Medical Devices and Diagnostics (MDD), Ana Aceves Capri – demonstraram muito interesse na iniciativa, inclusive para futuramente compartilhar com outras regiões. 
 
Na ocasião, também foram apresentados os grandes avanços que o Brasil conseguiu fazer no combate ao Covid-19, convergência regulatória com a introdução e uso de instrumentos como o reliance (confiança regulatória) e programas de saúde pública. Também participaram do encontro a gerente de Diagnóstico in Vitro da ANVISA, Marcella Abreu, e o líder do Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde (DCCI/SVS/MS), Alisson Bigolin. 
 
Em visita a Fundação para Diagnósticos Inovadores (FIND), no dia 23 de setembro, Gouvêa esteve com a diretora de Tecnologia, Marta Fernandez Suarez, para tratar de apoio a projetos de estruturação de novos modelos de organização produtiva nas diferentes regiões do Brasil para, estrategicamente, criar centros de excelência que possam mitigar os efeitos causados pelas rupturas logísticas, como as ocorridas durante a pandemia. “Neste contexto, a FIND entende que o trabalho do Instituto Ética Saúde para fomentar um ambiente íntegro e propício aos negócios é essencial para o sucesso dos investimentos a serem feitos por eles”, concluiu.
 

Compartilhe