Prêmio Criação SUS do Ibross, com apoio do Instituto Ética Saúde, é entregue em Brasília


Data de Publicação: 09/12/2023
Prêmio Criação SUS do Ibross, com apoio do Instituto Ética Saúde, é entregue em Brasília
Cases sobre telemedicina, reabilitação e cuidados paliativos, assistência a idosos, vacinação e resposta rápida em pronto-atendimento foram os vencedores do Prêmio “CriAção SUS”, uma iniciativa inédita do Instituto Brasileiro das Organizações Sociais de Saúde (Ibross), com o apoio do Instituto Ética Saúde, do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). O anúncio foi em 8 de dezembro, na sede da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS), em Brasília. 
 
Na abertura da cerimônia, o diretor executivo do IES, Filipe Venturini Signorelli, definiu o Prêmio CriAção SUS como “uma das mais importantes iniciativas em prol da saúde pública no país, nos últimos anos, e da privada, pelo potencial de replicabilidade observado”. Segundo ele, durante o período de avaliação dos cases, foi notório o quanto a inovação é importante na rotina das gestões hospitalares, com efetivos resultados. “Vidas são salvas quando os trabalhos são sérios, e as instituições e os profissionais individualmente colocam o paciente como sustentáculo de duas atuações e execução de ações para garantir a segurança e bem-estar. Emocionante”, frisou.
 
Cerca de 400 cases de todo o país concorreram. O objetivo do Ibross é reconhecer, destacar, incentivar e disseminar as ações e projetos de sucesso na gestão da saúde pública brasileira, com a finalidade de solucionar problemas concretos para proporcionar mais qualidade, segurança e eficácia no atendimento da rede pública. 
 
Na categoria “Atenção Primária” o serviço ganhador foi a Unidade Básica de Saúde (UBS) Dr. Orestes Moura Pinto, de Guatapará, no interior de São Paulo, com o case “Plano de ação de aumento de cobertura vacinal da influenza em um município de pequeno porte populacional”. A unidade é de administração direta da Secretaria Municipal de Saúde de Guatapará.
 
Já na categoria “Atenção Especializada” venceu a Casa de Cuidado do Ceará, de Fortaleza, com o case “Implantação de uma unidade de transição de cuidados para desospitalização segura com foco na reabilitação e nos cuidados paliativos”. O serviço, estadual, é gerido pela organização social de saúde ISGH (Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar).
 
Em “Pré-Hospitalar” o prêmio do Ibross foi para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Russas, no Ceará, que apresentou o case “Implantação de time de resposta rápida de pronto-atendimento”. O serviço, ligado ao município, é administrado atualmente pela organização social de saúde IGC (Instituto de Gestão e Cidadania).
 
Em “Atenção Hospitalar Exclusivo SUS”, o vencedor foi o Hospital e Maternidade Municipal “Dr. Odelmo Leão Carneiro”, de Uberlândia (MG), com o case “Linha de Cuidado a Pacientes Idosos com Fratura de Fêmur”. A unidade, ligada à prefeitura de Uberlândia, é gerida pela organização social de saúde SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina).
 
E na categoria “Atenção Hospitalar Não-Exclusivo SUS”, a primeira colocação ficou com a Casa de Saúde Santa Marcelina, na capital paulista, com o case “O impacto positivo da telemedicina no gerenciamento do infarto agudo do miocárdio, reduzindo os custos e mortes no Sistema Único de Saúde”. O serviço é filantrópico.
 
Os autores dos projetos receberam um prêmio em dinheiro de R$ 10 mil, e as instituições receberam um certificado do Ibross.
 
“Este é o nosso maior propósito, garantir a segurança do paciente, somos os guardiões da vida de todos aqueles que buscam atendimento no sistema de saúde, independente da região do país. Uma grande surpresa, como pudemos também observar no prêmio Melhores Hospitais Públicos do País em 2022, atuações de excelência em todas as esferas, federal, estaduais e municipais”, finalizou o diretor executivo do IES. 
 
A lista completa dos vencedores está em:
https://www.ibross.org.br/projetos-de-saude-publica-em-sp-mg-e-ce-vencem-premio-inedito-criacao-sus-do-ibross/ 
 

Voltar para o topo