Ética Saúde encerra Congresso Nacional de OPM


Data de Publicação: 26/11/2016
Ética Saúde encerra Congresso Nacional de OPM

A Unimed Federação Intrafederativa Nordeste Paulista, em parceria com a Federação das Unimeds do Estado de São Paulo e a Unimed do Brasil, realizou de 24 a 26 de novembro a 2ª edição do mais importante evento de Órteses, Próteses e Materiais Especiais - OPME na cidade de Ribeirão Preto. O evento foi no Centro de Convenções do Ribeirão Shopping e contou com a palestra de encerramento do presidente do Instituto Ética Saúde, Gláucio Pegurin Libório.

Regras de Compliance foi o tema abordado pelo presidente do Ética Saúde que apresentou os números mais recentes do Canal de Denúncias do Instituto. Até outubro deste ano, foram recebidas 455 denúncias, envolvendo 1.164 denunciados. "Muitas relacionam mais de uma pessoa, seja ela física ou jurídica, e por isso a quantidade de denunciados acaba sendo bem maior", explicou Gláucio Libório.

Entre os listados, 529 são médicos, 373 distribuidores, 138 hospitais, 72 importadores, 26 operadoras de planos de saúde, 19 fabricantes e 7 outros. "Os números refletem que a corrupção e o suborno podem estar em qualquer lado deste enorme setor da saúde. Não existem vítimas, nem algozes, precisamos olhar de frente para estruturar um setor com mais transparência e legitimidade. A sociedade não tolera mais falta de ética", resumiu.

A 2ª edição Congresso Nacional de OPME foi um evento de abrangência nacional que reuniu executivos de Planos de Saúde e do público em geral. O evento já é considerado como um dos maiores e mais importantes do setor de órteses, próteses e materiais especiais do Brasil e trouxe temas de extrema importância, além do Compliance, como os desafios do segmento, a ética e a Operação Lava Jato, a gestão estratégica, e a judicialização da saúde entre outros.

 

 

 


Voltar para o topo